quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Tears In Heaven

"E já me acostumei com a tua voz
Quando estou contigo estou em paz
Quando não estás aqui
Meu espírito se perde, voa longe"
Sete Cidades - Legião Urbana


Estranho como eu sinto sua falta.

Você não é, e nunca foi, o meu ar. Consigo viver e respirar sem você
Você não é, e nunca foi, o meu sol. Consigo ver a graça das coisas e sorrir sem você
Você não é, e nunca foi, o meu porto seguro. Consigo ser forte sem você
Você não é, e nunca foi, a minha metade. Consigo ser completa sem você

Mas o que você é e sempre, S E M P R E, foi são as minhas cores.
Cada dia ganha uma tonalidade a mais com a sua voz.
Cada hora ganha um tom mais brilhante com a sua presença
Cada minuto é mais vivo quando estou com você.

2 comentários:

Ruh Ribeiro disse...

Não é sua vida, mas é parte da sua felicidade. Não é sua muleta, mas faz vc tropeçar. Acho que os sentimentos mais bacanas são assim, tem uma medida equilibrada. Mas, o que me veio à mente é que, caso fique sem, será como um daltônico, como um gato, vive bem sem as cores também.
E as cores podem estar em muitos lugares, não perca sua vontade de procurar por achar que está só ali.

Beijinho.

FerDnan Raesmo disse...

vc se importaria com as cores se fosse cega ???